[RESENHA] EDENBROOKE

Título Original: Edenbrooke

Autora: Julianne Donaldson

Editora Universo dos Livros

1ª Edição 2017 – 304 pág.

INDICADO PARA TODAS AS IDADES

SKOOB

COMPRE AQUI, TEMBÉM PELO KINDLE UNLIMITED

Marianne não está nada bem. Ela é orfã de mãe, seu pai a deixou com sua avó e sumiu, sua irmã querida não mora mais com ela e pra variar tem um pretendente rodeando a moça… e ele não é nada do que Marianne poderia desejar para matrimônio. Na verdade, Marianne nem leva jeito para isso, ela não sabe flertar, não se acha charmosa, é desajeitada e só queria poder ir para o campo correr na grama, entre as flores. É tudo que ela não tem em Bath, onde mora com sua avó exigente e ranzinza.

Quando sua irmã Cecily lhe envia um convite para passar o verão em Edenbrooke uma chama de vida acende em Marianne, ela vai para o campo, com sua irmã! É perfeito! Ou será que não?

A viagem já começa com um terrível assalto e a perda de algo muito precioso para nossa protagonista. A vida não está sendo gentil.

Ao chegar em Edenbrooke, Marianne percebe que não será exatamente as férias dos seus sonhos. Sua irmã mais bonita e carismática está mais interessada em atrair a atenção das amigas e de um pretendente, seus vestidos são mais bonitos, seus modos de uma dama e Marianne não sabe dançar e nem se comportar, pode piorar?

Marianne é uma protagonista inocente, aos 17 anos o que deseja é ser querida e amada, ela se sente só e não sabe muito bem o que será de sua vida. Quantas vezes você já se sentiu assim? Imagine no século 19, quando uma mulher nem podia ser realmente independente?

Nossa protagonista lida com preconceitos da sociedade, com o medo e as inseguranças da idade, além da dor de perder a família que para ela era tão preciosa.

O romance acontece primeiro como o clássico “gato e rato”, é divertido e irritante. É inocente, tem a ver com troca de olhar, um toque na mão, aquela sensação de borboletas no estômago… é lindo! E me fez lembrar que esse é meu tipo de leitura favorita, algo no estilo Jane Austen sabe, amor verdadeiro, que envolve cartas e promessas tiradas do fundo do coração.

Por falar em Austen, no final da edição tem uma entrevista com a autora e ela revela ser muito fã da nossa querida Jane!

Ainda temos na trama segredos e mistérios que dão um toque de aventura ao enredo. Fui do riso ao espanto e aquele olhar marejado de lágrimas.

QUE LIVRO!

Eu AMO escrever sobre um livro que fala com todos os públicos! E Edenbrooke é perfeito pra todo mundo que quer ler um romance de época com um toque de tudo que se pode querer: mistério, família, humor, romance e crescimento, muito crescimento. Marianne vai nos ensinar que não precisamos mudar para agradar a ninguém, podemos ter nossa essência e nossos valores, e somos amadas por isso.

Eu li tão rapidinho e tão envolvida como a muito tempo não acontecia! Fazia tempo que não encontrava um romance de época que não é meloso de forma exagerada, que não desvaloriza valores morais, um romance que nos faz lembrar que o amor pode e deve ser puro.

Obrigada as minhas amigas Dani e Elis do Clube do Farol, essa indicação foi uma das melhores que já recebi na vida! Vou carregar esse romance pra sempre e reler o máximo de vezes que puder!

E pensar que foi um ebook que baixei grátis na Amazon… que presentão hein!

O livro está disponível no Kindle Unlimited, recomendo mesmo que leiam, e voltem pra me contar, desejo que seus corações sejam tão arrebatados quando o meu foi!

E você? Qual a última vez que um livro de emocionou, te prendeu e te instigou assim?

4 comentários sobre “[RESENHA] EDENBROOKE

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s