[RESENHA] O DOM DA AMIZADE

oDomDaAmizade

Autor: Colin Duriez

Editora Harper Collins do Brasil – 1ed. 2018 – 304 pág

INDICADOS PARA TODAS AS IDADES

SKOOB

Em cada um dos meus amigos, há algo que somente um outro amigo pode extrair plenamente. Eu sozinho não sou grande o bastante para chamar o homem inteiro à atividade.

A amizade entre Tolkien e CS Lewis é fonte de inspiração para qualquer um que se aventure a aprofundar o seu conhecimento na vida dos dois grandes autores.

A obra de Tolkien começou a ser publicado por forte influência e apoio de Lewis, ele era a sua maior plateia, fazia questão de acompanhar e opinar sobre cada capítulo escrito sobre a Terra-Média. Em contra partida, Lewis se converteu de ateu a cristão pela influência de Tolkien. Graças à ele, hoje podemos desfrutar de obras como As Crônicas de Nárnia, embora seja interessante notar que Tolkien não se agradava da escrita alegórica de Lewis, em O Dom da Amizade fica muito claro o quanto a escrita alegórica de Lewis desagradava a Tolkien, assim como seus livros teológicos, Tolkien achava que o amigo devia deixar esse tipo de assunto para teólogos formados. Claro que isso nunca impediu que a amizade permanecesse entre eles. Ambos partilhavam o sonho de fazer o mundo compreender que os contos de fadas não eram SÓ para crianças, mas principalmente para adultos.

Barbárvore, personagem citado em um dos posts anteriores, foi criado por Tolkien inspirado em Lewis. Na verdade, Barbárvore é uma mistura de Lewis e Tolkien, tem uma fala lenta e resmungona [Brm,hum!] como Lewis e caminha vagarosamente, sempre pensando muito e observando tudo, exatamente como Tolkien. O professor Digory e os anéis mágicos de Nárnia são claramente uma influência de Tolkien na obra de Lewis.
Tudo isso e muito mais vocês encontram nessa preciosidade que é O Dom Da Amizade! Um livro que guarda a essência de dois autores incríveis, que marcaram e ainda marcam muitas vidas. Desde seus nascimentos ao clube que partilhavam suas obras e até mesmo o desentendimento que os separou por muitos anos. É possível caminhar com eles e tomar uma cerveja no pub em que se reuniam, o Eagles and Child, na companhia dos amigos do clube Inklings.
A narrativa não é rápida, é um livro pra ser degustado, lido com a mente aberta e os olhos atentos à tantas informações ricas. Se você já é fã ,vai se apaixonar ainda mais. Se ainda não conhece os autores eu recomendo que leia algumas obras deles antes para depois apreciar essa coletânea, isso porque ela descreve muitas obras mostrando como o que os autores viviam em suas vidas (guerras, amores, amizades) influenciava suas obras, os detalhes acabam revelando o desfecho das obras, o que não agrada aqueles que são contra spoilers. Nesse caso leia primeiro as principais obras dos autores. Mas se você não se importa em saber alguns detalhes antes de ler as obras eu sou dessas, pode se jogar nessa leitura.

A edição vale cada centavo até mais a capa de tecido é deliciosa de segurar, apesar de ser capa dura é extremamente leve e as páginas palavra! são cheirosas demais, eu li fazendo carinho na capa e inspirando fundo a cada página. Um trabalho primoroso ❤️

 

 

16 comentários sobre “[RESENHA] O DOM DA AMIZADE

  1. clubedofarol disse:

    Se me perguntassem se o Tolkien e o Lewis se conheciam, eu não saberia responder. Imagina saber que eram amigos! Dois grandes autores, com diferenças entre si, mas que se respeitam e mantém uma amizade tão sólida. Isso é tão lindo. Mostra o que é ser amigo de verdade acima de qualquer diferença.
    Parabéns pela resenha, Vivi!

    P. S. Eu vou deixar para ler esse livro beeem no futuro, porque sou das que evita detalhes antes, rs.

    Bjo
    ~ Danii

    Curtido por 1 pessoa

  2. Amor pelos Livros disse:

    Oieeeee,
    Eu sabia mais ou menos da amizade dos dois, kkkkkkkkk. Estou com o livro de ambos em minha lista para ler então, irei ler as obras e deixar para ler esse livro depois, ou durante ou antes kkkkk vamos ver o que vai acontecer, porque, também não me importo de receber algumas informações extras…
    Amei o post!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Jessie Faustino disse:

    Uau! Estou realmente surpresa com tanta informação. Fiquei fisgada no post quando vi o nome desses dois grandes autores lado a lado, e a cada descoberta da influencia de um sobe o outro eu ficava mais surpresa. Olhando de fora, como eu, estava mais fácil acreditar que o C.S. Lewis tinha tornado o Tolkien cristão, haha. Mas que bom que o C.S. Lewis não deu ouvidos ao amigo, pois alguns dos melhores livros sobre o Cristianismo foram escrito por ele.

    Acredito que eu iria gostar bastante de ler “O Dom da Amizade” — eu meio que arrisco um pouco de escrita criativa, então amo ficar refletindo sobre a vida pessoal do escritor e em como ele canaliza isso para suas histórias. Mas como você falou dos spoiler, eu gostaria de ler alguns dos livros dos escritores antes, hahaha.

    P.S.: Tentei começar A Sociedade do Anel no inicio do ano, e a unica coisa que eu pensava era: gente, o Tolkien com certeza estava fumando um… enquanto escrevia, hahaha.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para Viviane Oliveira Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s