[DICA] RELEITURA JANE EYRE/2018

JaneEyre2018 (1)

Título Original: Jane Eyre

Autora: Charlotte Brontë

Editora Paz e Terra  – Ed. 1996 –  622 pág

INDICADOS PARA TODAS AS IDADES

SKOOB

Desde que li esse romance pela primeira vez, a aproximadamente 15 anos atrás eu sou encantada por ele, com essa eu somo quatro releituras realizadas dessa obra e a cada nova leitura ainda me surpreendo em encontrar detalhes e sentimentos novos.

Se todo mundo a odiasse e acreditasse que você é culpada, enquanto a sua consciência a aprovasse e a absolvesse de culpa, você não estaria sem amigos.

Esse ano a oportunidade de ler veio a convite da Mel do Literature-se, foi a primeira leitura dela e fico feliz em comunicar que ela também gostou MUITO.

Por ser um clássico muitos pensam se tratar de algo pacato e até mesmo chato, mas o que encontramos no enredo de Jane Eyre é uma narrativa ácida e inteligente, com ritmo e tantos acontecimentos que é difícil não contar tudo aqui!

Jane é é uma criança orfã, ela vive de favor e é criada por uma família que não a ama, nunca sequer fez um esforço para amá-la, desde cedo ela aprende que é inferior e deve agradecer a sorte de ter um teto, mesmo sob maus tratos. Eu sempre me emociono com esse primeiro momento, porque de forma alguma enxergo em Jane o monstro que a família diz que ela é, vejo sempre a mesma menina carente de amor, inteligente e subjugada injustamente. Aliás, injustiça é uma palavra que define uma boa parte da vida de Jane, embora nesse enredo eu sempre achei que os fins justificam os meios, você precisa ler pra debater esse assunto comigo…

Jane passa por um internato, que pasmem, chega a ser quase tão cruel quanto a casa dos parentes que não amavam Jane. Mas ao menos lá ela encontra pela primeira vez em sua vida carinho e uma amizade verdadeira.

Helen sempre me emociona, ela é uma criança e mesmo assim é tão madura, sua sinceridade e humildade sempre são como um grande tapa para mim, Helen é a personificação da bondade, sua curta passagem pela vida de Jane irá moldá-la por toda a vida, assim como moldou boa parte de meus pensamentos também.

Já adulta Jane parte para ser tutora de uma menininha em Thornfield Hall. Lá ela conhecerá o Sr. Rochester, seu patrão. Um homem rude, mas extremamente inteligente e marcado pela solidão e por uma grande tragédia. Ao ler a forma como ele se dirige a Jane ficamos até mesmo assustados, o patrão de Jane parece muitas vezes zombar dela e esse comportamento nos faz criar uma antipatia pelo personagem. Mas nada como uma página após a outra, eu garanto que com todos os acontecimentos futuros que incluem incêndios, ataques de fúria, fugas entre outros , você vai aprender muito sobre esse complexo personagem.

Por esse meu curto relato você pode julgar como essa história é rica, tudo isso é apenas o começo da história de Jane Eyre, ela ainda cruzará com personagens muito importantes, tocará em vidas e mudará a elas profundamente, sem nunca perder o seu caráter moldado a duras experiências.

Jane é uma excelente narradora, ela é observadora e suas palavras são sempre sagazes e muitas vezes inesperadas.

Eu disse a ela que se tratava de um homem bastante feio, mas um perfeito cavalheiro, que ele me tratava com gentileza, e que eu estava satisfeita.

Uma coisa que é profundamente marcante em Jane é que apesar de tudo ela sempre manteve uma característica muito firme, ela fala o que pensa. Como não amar?!

Se você nunca leu Jane Eyre eu sugiro que leia uma edição simples primeiro e futuramente leia uma edição comentada, tire suas próprias conclusões antes de conhecer os detalhes críticos dessa obra, são muitos e vale você treinar sua própria visão crítica primeiramente. Aliás, leia essa obra quantas vezes puder, eu garanto que será enriquecedor.

Se você, como eu, tem uma educação cristã, vai se identificar com a Jane em muitos pontos, não em todos, tenho certeza rsrs, mas em muitos sim, porque a fé de Jane justifica muitas coisas que acontecem no decorrer dessa história.

Nunca assisti a adaptação desse livro, mas pretendo fazer isso em breve, então retorno para contar mais para vocês. A capa dessa edição é desse filme, antiiiigo…

Se você já leu essa obra me conta suas impressões, se você imaginava todos os acontecimentos e principalmente o que achou o grand finale, não esquece de marcar no comentário se será com spoiler 😉

Quanto ao julgamento do mundo – eu lavo minhas mãos. Quanto a opinião dos homens – eu a desafio.

 

 

13 comentários sobre “[DICA] RELEITURA JANE EYRE/2018

  1. Gisele Lopes - Abdução Literária disse:

    Oi Vivi! Quanto amor por uma história! Eu tô loouca para ler Jane Eyre há séculos, mas sempre vou empurrando essa leitura de alga forma. Mas agora é oficial, pretendo ler em breve. Se não ainda esse ano, com certeza entrará para a minha meta literária do ano que vem. Aliás, pretendo ler as obras das outras irmãs Brotë também. Me senti ainda mais animada por causa da sua empolgação e do seu carinho ao falar dessa obra. Quero muito! Adorei o post, beijos! ❤

    http://abducaoliteraria.com.br

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s