[RESENHA] OUTLANDER: O RESGATE NO MAR – PARTE 1

Outlander3

Título Original: Voyager

Autora: Diana Gabaldon

Editora Saída de Emergência- Ed. 2015 – 592págs

Série: Outlander Vol. 3 – Parte 1

INDICADO PARA MAIORES DE 18 ANOS

Favoritado ♥

Skoob

Essa série tem tudo para se transformar na favorita da minha vida, sério!

E olha que ela concorre com a Saga do Anel e com Harry Potter ♥ Diana consegue me surpreender mais a cada volume, sempre traz uma gama de aventuras inusitadas e consegue transformar situações impossíveis em realidade.

Nesse terceiro volume da série temos uma divisão em parte 1 e parte 2. Trarei a resenha de cada parte separada, mas nas redes sociais decidi fazer uma única resenha. Ou seja, vocês que lêem aqui serão premiados com muito mais da minha opinião hehehehe, porque vamos combinar: eu gosto muito de falar!

Há quem se zangue pela divisão em dois volumes, mas confesso que eu não achei nem um pouco ruim, isso porque a narrativa mantêm uma constante ascensão na adrenalina, eu realmente não sinto as páginas passarem, acho que leria mil páginas dessa série se publicassem, de tão encantadora que ela é, sem nunca deixar de me surpreender com as situações mais inusitadas. Sempre que eu penso que não pode ficar pior, fica. E se eu penso que não existe solução para um problema, Diana me surpreende com uma nova situação, nada mágica, sempre plausível e resolve aquela situação impossível. E se é possível ler o exemplar físico sem precisar cair a mão por causa do peso do volume, eu prefiro hehehe.

Claire continua a ser a personagem mais forte que li nos últimos tempos, ela é uma camaleoa e se adequa a qualquer situação que vive, lidando com tudo sempre de forma muito racional e inteligente.

A nova gama de personagens é rica, super entrelaçada  com tudo o que já aconteceu e não me surpreendo se também estiver conectada com tudo que ainda está por vir. Se você ainda não conhece essa série CORRE porque é maravilhosa.

Se você ainda não tenha lido o segundo volume, A Libélula no Âmbar, sugiro que pare por aqui. Caso queira também pode acessar a resenha do volume um, A Viajante do Tempo.

Nesse volume partimos exatamente de onde paramos o segundo volume. Roger achou uma brecha e juntamente com Claire e Brianna acredita que Jamie possa ter sobrevivido a Batalha de Culloden, eles começam uma pesquisa histórica frenética em centenas de arquivos e aos poucos começam a trilhar o caminho que Jamie pode ter percorrido.

A narrativa intercala entre o que aconteceu com Jamie e o presente onde Claire busca mais informações sobre o que aconteceu a seu amado.

Quando fica claro o paradeiro do nosso escocês favorito Claire precisa decidir se será capaz de atravessar novamente o Círculo de Pedras, correndo o risco de se perder no tempo, mas tendo a chance de reencontrar seu grande amor. Ou se permanece em segurança ao lado de Brianna em seu século. Em ambos os casos ela terá que abrir mão de um de seus amores: Brianna ou Jamie?

Em meio a todos essas decisões ainda somos conduzidos pelas memórias de Claire em todos os anos que viveu com Frank após voltar para o presente grávida de Brianna, e olha, muuuuita coisa aconteceu, o que esses dois viveram em nome da segurança da filha é inimaginável, lindo e muito real.

A leitura da segunda parte eu realizo ainda esse ano, mal posso esperar, porque a cada novo capítulo me apaixono ainda mais por Outlander.

 

9 comentários sobre “[RESENHA] OUTLANDER: O RESGATE NO MAR – PARTE 1

  1. Papeando Livros disse:

    Oi, tudo bem ?

    Socorro, as pessoas comentaram muito esse livro mas eu não sabia porque…agora sei kkkk ! Pelo forma que você aguarda o próximo ansiosamente com certeza é uma ótima indicação e gostei do fato de você citar que nele encontramos decisões e que ainda somos conduzidos pelas memórias da personagem, pois gosto bastante de livros assim . O enredo parece muito envolvente mesmo.

    Curtido por 1 pessoa

  2. Crônicas de Eloise disse:

    Oi Vivi,

    Eu estou assistindo a série e já me impressionando bastante, imagina os livros, acredito que tbm irei me apaixonar. Também acho a Claire muito forte, fico me imaginando nessa situação e putz, apesar de todo glamour ao lado do escocês gato ela passa por cada perrengue hahahhaa Essa história está me conquistando. Quero muito ler!<3

    Bjokas!!!!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com/

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s