[RESENHA] O HOBBIT

livro-o-hobbit-ilustraco-da-capa-de-j-r-r-tolkien-D_NQ_NP_104511-MLB20573056819_022016-F

Título Original: The Hobbit

Autor: JRR Tolkien

Editora Arqueiro – ed. 2015 – 208 págs.

INDICADO PARA TODAS AS IDADES

Skoob

“Essa é a história de como um Bolseiro teve uma aventura, e se viu fazendo e dizendo coisas totalmente inesperadas.”

Bilbo Bolseiro é um hobbit respeitado no Condado onde vive. Ela adora o conforto do seu lar e sua vida tranquila, Bilbo jamais poderia imaginar que no dia que deu “bom dia” ao mago parado em sua porta, sua vida mudaria para sempre. Gandalf, o mago cinzento escolhe a toca de Bilbo para realizar uma reunião entre 13 anões, a comitiva se prepara para retornar a Montanha Solitária, mais conhecida como Erebor, o lar dos anões.

O grande detalhe é que a montanha foi tomada a muitos anos por um dragão, Smaug o terrível foi atraído pela imensa fortuna de ouro e joias que os anões guardavam em seu lar. O dragão causou muitas mortes e expulsou os anões de Erebor que passaram a vagar pela Terra Média sem lar. Mas isso foi a muitos anos e agora surgiram rumores de que Smaug pode ter morrido dentro da montanha, assim Thórin Escudo de Carvalho, o herdeiro de Erebor junta a comitiva para retornar a sua terra natal.

Para entrarem novamente na montanha eles precisam de um ladrão, esse perito personagem precisará enfrentar Smaug, caso ainda esteja vivo, e deverá roubar o tesouro para devolvê-lo aos seus verdadeiros donos. Gandalf sugere que Bilbo seja o ladrão.

O hobbit acha tudo um absurdo. Depois de superar o choque de ter sua agradável toca tumultuada pela comitiva dos anões barulhentos ele recebe a proposta escrita em um contrato que prevê seu pagamento, inclusive em caso de morte. É demais para o Sr. Bolseiro, ele nunca quis uma aventura, ele gosta da sua paz e segurança.

Mas Gandalf sabe o que faz, o velho mago é um sábio, conhece Bilbo desde que criança e embora nesse momento seu lado Bolseiro e medroso esteja aflorado, Bilbo também tem descendência Tuk e os Tuks eventualmente desaparecem para viver aventuras. E em um momento nada planejado Bilbo parte com a comitiva de anões rumo a Montanha Solitária.

Serão meses sem refeições descentes, sem banhos decentes, enfrentando os mais terríveis monstros que você puder imaginar e ao final de tudo isso a comitiva ainda precisará entrar na montanha e enfrentar o que estiver guardando seu tesouro.

Eu honestamente poderia passar horas falando desse livro e de cada aventura que a comitiva vai viver, são trolls, aranhas gigantes, orcs, elfos da floresta e muito mais. Eles serão capturados, presos e correram o risco de perder suas vidas a todo instante. Mas não se engane, a leitura não causa horror ou aflição, a narrativa de Tolkien se assemelha a um vovô contando histórias aos seus netinhos.

“Estranho, mas as coisas boas e os dias agradáveis são narrados depressa, e não há muito o que ouvir sobre eles, enquanto que as coisas desconfortáveis, palpitantes e até mesmo horríveis podem dar uma boa história e levar um bom tempo pra contar.”

Desde o primeiro parágrafo até o fim o narrador nos conta com riqueza de detalhes sobre as paisagens, os personagens e suas personalidades. É uma delícia essa leitura. Você se sente conversando com o narrador, que sempre que pode, realmente conversa com o leitor. É uma característica tão preciosa que acredito ser o diferencial dessa primeira obra da coleção de Tolkien.

“Imagino que vocês conhecem a resposta, é claro, ou podem adivinhá-la num piscar de olhos, já que estão sentados em casa, confortavelmente, e sem perigo de serem devorados atrapalhando seus pensamentos.”

O Hobbit é uma aventura para envolver e encantar adultos e crianças.

Publicado em 1937 O Hobbit pode ser considerado o berço de várias criaturas místicas que permeiam até hoje no mundo da fantasia.

Você se recorda dos Tordos de Jogos Vorazes? Achou que só ali eles tinham surgido? Não meu caro amigo (a), Tolkien nos apresenta os Tordos que repetem frases aqui na Terra Média, na aventura de Bilbo.

As aranhas gigantes, os elfos mágicos, florestas negras com vida própria, magos, trolls, são inúmeros os elementos que Tolkien dá vida em as obra e que até hoje vemos em diversas obras.

“Escapar dos orcs para ser apanhado pelos lobos! – disse ele, e a frase tornou-se um provérbio, embora hoje em dia digamos “saltar da frigideira para cair no fogo”

Mapas, canções e runas também são extremamente ricas e marcantes na obra.

20915

Se você como eu, ama esse universo, precisa ler O Hobbit e conhecer cada detalhe dessa obra tão magnífica. Você com certeza vai enxergar muito mais do que eu citei aqui e se tornará um fã de JRR Tolkien e sua genialidade fantasiosa.

O livro foi adaptado para os cinemas em 2012. Foram lançados três filmes:

• Uma Jornada Inesperada

• A Desolação de Smaug

• A Batalha dos Cinco Exércitos

Particularmente eu gosto das adaptações, mas preciso ser sincera em dizer que exageram um pouco ao tentarem ligá-la com os filmes lançados anteriormente, as adaptações de O Senhor dos Anéis. Acabaram criando personagens e cenas que nunca existiram na obra literária, o que desagradou muitos fãs. Falaremos mais sobre isso em um post especial sobre os filmes.

Se você já leu O Hobbit me conta o que achou e se não leu eu recomendo fortemente que o faça assim que possível.

Essa leitura faz parte do Projeto #aSagaTolkien , se você ainda não conhece acesse para saber como funciona. Pela hashtag já temos muitas leituras compartilhadas nas redes sociais, venha conversar conosco!

 

13 comentários sobre “[RESENHA] O HOBBIT

  1. Cecília Justen de Souza disse:

    Ei, Vivi! Tudo bem?

    Eu sou apaixonada nos filmes, ganhou meu coração, maaaas… Eu não li o livro haha Conheço algumas pessoas que leram e detestaram, então estou ansiosa para ler sua postagem sobre os filmes para tirar algumas dúvidas. Quando você falou sobre o projeto Tolkien fiquei tentada a participar, mas estou tão enrolada com leituras de parceria que vou deixar para outro momento. De qualquer forma, estou muito feliz por ler suas resenhas, me sinto como me senti lendo o projeto de HP 🙂 Ameeeei sua resenha, você arrasa!

    Beijos!
    http://www.as365coresdouniverso.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  2. Crônicas de Eloise disse:

    Ah que resenha linda Vivi.
    Como concordei com essa parte ” a narrativa de Tolkien se assemelha a um vovô contando histórias aos seus netinhos.” Já li esse livro duas vezes e tenho um imenso carinho por ele, estou participando de seu projeto, mesmo atrasada hahaha comecei a releitura, porém com a correria de coisas pra pós e as diversas interrupções preferi parar e recomeçar. Esse livro é muito delicinha para ter interrupções u.u ❤ É realmente uma narrativa rica em detalhes, amei suas impressões, opiniões e informações. Também achei que exageraram nos filmes, foi legal mas nada se compara a obra escrita.

    Vou me planejar novamente para reiniciar as leituras do projeto!
    Bjokas da Elo!
    http://cronicasdeeloise.blogspot.com.br/

    Curtido por 1 pessoa

  3. Fernanda Akemi disse:

    Oiee

    Acredita que não assisti aos filmes e nem li nada ainda. Já meu marido é muito fã.
    Gostei da comparação sendo um avô a contar histórias, sinceramente não sei pq ainda não li e nem assisti nada, preciso mudar isso.
    Outra coisa, gostei de saber dos tordos!!!
    Vamos ver se esse ano animo de ler.

    bjs

    Curtido por 1 pessoa

  4. Andrea Martínez disse:

    Este filme me surpreendeu! Eu li que teve Benedict Cumberbatch como Smaug, um dos personagens principais do filme de o Hobbit. Ele é realmente um grande ator que geralmente triunfa nos seus filmes. Recém o vi no trailer de Brexit inclusive a passarão na TV. sendo sincera eu acho que a sua atuação é extraordinária, em minha opinião é o ator mais completo da sua geracao, e o filme vai ser um dos melhores filmes de drama mas infelizmente não é reconhecido como se deve neste filme. Acho que se consolidou como ator e conseguiu encantar ao espectador. Vale a pena. Cuida todos os detalhes e como resultado é uma grande produção

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s