[RESENHA] A DAMA DA FÉ

A Dama da Fé (1)

Literatura Nacional

Autora: Ester Bezerra

Co-Autor: Douglas Tavolaro

Editora Planeta – ed. 2016 – 237 págs.

INDICADO PARA TODAS AS IDADES

Favoritado♥

Skoob

Eu sempre gostei de biografias, mas há muitos anos não lia uma. Essa foi uma leitura extremamente construtiva, inspiradora e passa acima de tudo um espírito de fé de que tudo é possível.

D. Ester Bezerra é casada com o Bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal do Reino de Deus, a instituição cristã que mais cresceu no Brasil nas últimas décadas e ganhou o mundo chegando a mais de 100 países. O livro conta a história de vida de D. Ester desde sua infância até os dias atuais. Por opção ela decidiu não narrar os fatos em ordem cronológica, o que eu gostei bastante porque nos surpreende em cada capítulo, não esperamos cada revelação que recebemos.

Os relatos são os mais diversos possíveis, e como pano de fundo de sua vida pessoal temos o crescimento da igreja. É o lado B dessa história, a perspectiva pelo olhar dessa mulher que sempre foi discreta e aguentou todas as dificuldades que passou na vida agarrada a sua fé.

“O dia em que você se acostumar com o mal dos outros, você vai acabar se tornando igual a eles.”

Conhecemos os detalhes de como o casal se conheceu e como superou os primeiros anos de intensas dificuldades financeiras. Como foi o nascimento de suas duas primeiras filhas com um destaque para a chegada da caçula, Viviane (minha xará), ela nasceu com um grave problema de má formação e o que poderia separar o casal pela intensa dificuldade acabou unindo-os ainda mais. O nascimento de Viviane também marca o início da igreja Universal, foi a partir da revolta com essa situação que o Bispo largou emprego e toda a estabilidade de sua vida para seguir o desejo de pregar para pessoas que precisassem de ajuda.

Eu já conhecia a circunstância do nascimento de Viviane, mas jamais imaginei o quão grave ele foi, D. Ester quase viu a filha morrer mais de uma vez e passou por inúmeras cirurgias por toda a vida. No miolo do livro temos várias fotos mostrando essa trajetória e vemos como a família bonita de hoje é resultado de todas essas lutas.

Detalhes sobre toda a rejeição de antigos líderes espirituais, que não acreditavam no sonho de pregar sobre Deus pelo mundo, são muito bem colocados. As humilhações pelas perseguições políticas e religiosas são tão marcantes que lágrimas intensas caíram dos meus olhos, foi uma leitura que trouxe a tona muitas cicatrizes, tenho certeza que não foi nada fácil para D. Ester relembrar cada uma dessas cenas. O casal passou por exemplo por inúmeras revistas em prédios da igreja e na própria casa, recebiam intimações a qualquer hora do dia, eram bombardeados de novas calúnias em jornais impressos e televisivos todos os dias. Ficamos sabendo o resultado de todos esses processos.

Hoje, com mais de 45 anos de casada D. Ester tem muito a ensinar sobre como ser uma mulher virtuosa, ela criou três filhos em meio a essa guerra e todos são cidadãos de bem. Seu marido, apesar de ter passado muito tempo ausente é nitidamente exaltado e amado por ela, isso fica claro em cada palavra de carinho que diz sobre ele, mesmo quando fala dos defeitos, o respeito é visível. Hoje o casal vive 24h unido em um mesmo propósito. D. Ester nos ensina de forma simples os segredos para um casamento e uma vida feliz.

Sua fé.

Em cada luta, em cada humilhação, em cada dificuldade Deus sempre foi seu porto seguro. A bíblia um manual de vida e a oração sua principal arma.

Com certeza algum de vocês que está lendo agora não deve acreditar nisso. Mas eu mesmo não encontro outra explicação para alguém ter resistido tão integramente à tamanha dificuldade de vida. Não vejo como alguém poderia sobreviver a tamanhas dores e ainda assim trazer a serenidade no olhar e no falar. Se você nunca ouviu D. Ester eu recomendo que o faça, a paz é nítida em cada palavra, assim como a força da fé.

Ler esse livro é como receber uma injeção daquela fé antiga sabe? De Moisés, Josué, Davi e os profetas. A genuína, que vive mesmo por amor a um Deus que não se vê, mas que temos a certeza que existe. Uma fé que não é religiosa, é viva e vivida.

“Edir costuma dizer, como se fosse uma espécie de regra, que não importa o que fazemos na igreja, mas o que somos por Deus.”

Eu com certeza aprendi nessa leitura a jamais murmurar nas dificuldades, mas aprendi porque vi mesmo resultados dessa ação e não só porque alguém falou, aqui você vê resultados de vida mesmo. Aprendi sobre ser mulher, esposa, mãe, sobre ser um ser humano melhor em tudo. A vida é um plantar e colher constante e aqui vemos cada detalhe desse processo.

“O fato é que, quando o marido se sente desrespeitado, é difícil ele demonstrar amor a esposa. Quando a esposa não se sente amada, é difícil ela respeitar o marido.”

D. Ester mostra que apesar de ser esposa de um grande líder, de ter viajado o mundo e enfrentado as piores dores ela ainda é uma mulher comum como eu e você, com defeitos, medos e anseios. Mas com sua história ela prova ser possível vencer a tudo e todos. Sem exceção.

O livro é bastante indicado para mulheres porque trata exatamente do nosso ponto de vista, nosso papel como edificadora do lar, mas homens também podem e devem ler, ajuda a entender a mente feminina com certeza e o espírito da fé é o mesmo para homens e mulheres, tão vivificador em um quanto no outro.

A Dama da Fé (2)

A editora está de parabéns, a edição está impecável, o material é leve e excelente, a diagramação extremamente confortável, tornando a leitura muito leve e fluida.

Desejo que vocês possam ler e aprender com essa história, tanto ou até mais que eu.

4 comentários sobre “[RESENHA] A DAMA DA FÉ

  1. fuxicoliterario disse:

    Estou com esse livro aqui porque ganhei a um tempo, e não tinha criado coragem pra ler ainda porque não gosto muito de ler biografias. Mas depois ta sua resenha até me animei pra ler viu… Já estou pensando em dar uma chance rs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s