[RESENHA] O CONDE ENFEITIÇADO

Se você ainda não conhece essa série acesse a resenha do O Duque e Eu e conheça a família Bridgerton, também deixei disponível no post os links para os demais volumes da série que já li.

OCondeEnfeitiçado (2)

Título Original: When He Was Wicked

Autora: Julia Quinn

Editora Arqueiro – Ed. 2015 –  304 pág

Série: Os Bridgertons Vol. 6

INDICADO PARA MAIORES DE 18 ANOS

Favoritado♥

Skoob

Essa série foi favoritada em todos os volumes até aqui, só posso dizer que os boatos de que a série ficava meio morna nos últimos volumes não se tornaram reais pra mim. Continuo me encantando em cada romance e amando essa família barulhenta.

Nesse sexto volume conhecemos Francesca, a mais diferente da família Bridgerton. Ela ainda tem muito da ironia e sagacidade característica deles, mas é mais reservada e preza por sua independência. Encontrou no casamento com John um porto seguro, ambos são tão parecidos e se completam. Vivem na Escócia onde John é Conde. A família se completa com a presença de Michael, o primo de John, mas que na verdade é mais irmão, eles se adoram, cresceram juntos e apesar de John herdar toda a fortuna da família Michael nunca o invejou, muito pelo contrário, ele curte viver a vida sem grandes responsabilidades, seguiu a carreira militar e se diverte seduzindo quantas mulheres puder, ele sabe que todas caem aos seus pés.

O que Michael não esperava era se apaixonar por Francesca, a única mulher que ele nunca poderia ter! Ele guarda esse segredo com a sua vida e segue vivendo como se fosse um libertino feliz, sendo o melhor amigo do casal e fazendo tudo que pode para garantir que sejam felizes.

“Não cobiçaras a mulher do teu primo. Moisés deve ter esquecido de anotar esse.”

Eu adorei essa premissa, sério. Aqui temos um romance diferente do que tivemos na série toda. Francesca é casada e muito bem casada. Como imaginar quais os rumos da vida para juntar o casal protagonista?! Por outro lado Michael apesar de ser a imagem do mocinho libertino tem na verdade um coração de ouro e um caráter sem igual. Inevitável não torcer por ele.

“Jamais escaparia daquela mulher. E jamais poderia tê-la.”

O fato de a narrativa ser em terceira pessoa ajuda muito porque temos a visão de Francesca sobre ele, a visão sobre quem ele aparenta ser para todos e a visão verdadeira de quem ele é. Julia Quinn foi mestre ao desenvolver esses personagens.

Algumas pessoas não gostam desse volume porque o real protagonista não é a Francesca e sim o Michael, temos muito mais da história dele e sua personalidade forte rouba a cena com certeza. Mas para mim foi ótimo, não tenho do que reclamar, Michael é divertido, irônico, sexy e sedutor, Julia poderia fazer um livro só dele que eu leria numa boa hehehe.

OCondeEnfeitiçado (1)

Esse casal vai sofrer muito, muito mesmo, foi a história mais dramática que li na série, mas também foi a mais quente, porque quando a química entra em ação tem uma verdadeira explosão de romance.

“Era apenas Michael, não era? Apenas o seu amigo e confidente de longa data. Não era só isso? Não?”

A autora também aborda a malária como uma doença bem séria e nos mostra como a doença pode ser presente na vida de alguém. O foco dessa narrativa é o recomeço de ambos os protagonistas, eles precisam superar perdas, preconceitos e se libertar das aparências para aceitar quem são e que merecem ser felizes.

É unânime entre as leitoras a vontade de guardar o Michael num potinho e não parar de repetir que ele é um cara de ouro e merece ser feliz, esse personagem carrega muitas tristezas e mais uma vez a presença forte do laço familiar é o que fará a diferença na vida dos protagonistas.

“Qualquer um que se desse ao trabalho de conhecê-lo mais profundamente passaria a vê-lo como Francesca via: um homem de bom coração, leal e verdadeiro.”

Foi uma leitura sem igual, me emocionei, sorri, suspirei e me apaixonei, recomendo de olhos fechados pra quem curte um romance e peço que tenham paciência com a Francesca e o Michael, eles precisa de tempo para se encontrarem de verdade.

E aqui a palavra chave é justamente essa: TEMPO.

O próximo volume da série será sobre Hyacinth a mais nova da família e também a mais sagaz. Mal posso esperar!

 

Anúncios

30 comentários sobre “[RESENHA] O CONDE ENFEITIÇADO

  1. Gisele Lopes disse:

    Oi Vivi! Concordo que a trama dessa história foi super diferente, o que torna ela muito especial. Confesso que a Francesca não é lá minha Bridgerton favorita, na verdade ela é até um pouco chatinha, mas o Michael faz valer a pena, não é mesmo? Que persoagem ❤ ❤ Ameeei a sua resenha, me fez sorrir só de lembrar da série. Beijos.

    Curtido por 1 pessoa

  2. fabielymiranda disse:

    Aah, me pergunto o porquê ainda não terminei essa série kkk. Sem dúvidas a Julia consegue nos encantar do começo ao fim. Poder ver os acontecimentos sob a perspectiva dos dois personagens torna tudo ainda mais interessante, ainda mais quando temos que ter paciência com os mocinhos kkkk confesso que isso me deixa suspirando no final.
    Adorei a postagem!
    Beijos

    Curtido por 1 pessoa

  3. gataliteraria disse:

    OI Vivi, tudo bem? Como é gostoso quando a leitura nos agrada tanto, eu sou fascinada pelos livros por isso, pela impressionante habilidade de alguns autores e autoras em nos encantar como essa série e a Júlia Quinn te encantou. A série de Corte de Espinhos e rosas da Sarah J Maas fez isso comigo. Sentimos saudades dos personagens ao final, né! Ainda bem que você ainda tem alguns livros para continuar a leitura! Bjs

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s