[RESENHA] ANTES QUE EU VÁ

Título Original: Before I Go

Autora: Lauren Oliver

Editora Intrínseca – Ed. 2011 – ebook

Skoob

INDICADO PARA MAIORES DE 12 ANOS

FAVORITADO ♥

Pra começar quero declarar aqui que nada, absolutamente nada que eu escreva nessa resenha vai traduzir em palavras as emoções que essa leitura me fez viver.

antesqueeuva-4

O que você faria se tivesse uma nova chance de viver? Como você escolheria viver sua vida?

“Dizem que logo antes de morrer sua vida passa diante de seus olhos, mas não foi assim comigo.

Para falar a verdade, sempre achei terrível essa história de rever tudo no momento final. Algumas coisas ficam melhores mortas e enterradas.” Prólogo

Conheçam Samantha Kingston. Nossa protagonista narradora.

Sam tem uma vida perfeita. Ela é popular no colégio onde estuda, frequenta as melhores festas, tem o namorado mais gato e as melhores amigas que uma garota poderia ter. Lindsay, Elody, Ally e Sam estão sempre juntas, se divertindo com qualquer futilidade. Elas estão concluindo o ensino médio e acham que aproveitaram o melhor da vida até agora, não se preocupam com o futuro ou com as consequências de seus atos, elas apenas vivem como querem.

“Não vou mentir. Gosto que tudo seja tão fácil para nós. É uma sensação boa saber que você pode fazer o que quiser e que não haverá nenhuma consequência.” Pg. 16

Naquela sexta feita dia 12 de fevereiro, Dia do Cupido, Sam vestiu sua roupa descolada, entrou no carro de Lindsay e só se preocupou com quantas rosas ganharia na escola. Todos sabem que quanto mais rosas se ganha, mais popular você é. Naquele dia Sam planejou perder a virgindade com seu namorado e suas amigas estão adorando importuná-la com isso. Tudo parecia normal, perfeito.

antesqueeuva-2

Mas a vida não segue o plano de Sam. Na noite do dia 12 de fevereiro as amigas vão à festa de Kent e realizam um show de humilhação em Juliet, depois que a garota cansada se ser vítima  chama as quatro de “vacas”. Na volta para casa sofrem um grave acidente de carro. Sam morre.

Em sua morte Sam não enxerga o céu ou o inferno, ela simplesmente volta para a manhã do dia 12 de fevereiro e começa a reviver aquele dia. Sem entender nada ela se sente enlouquecer e somente quando o mesmo acidente acontece, na mesma hora e Sam novamente acorda no dia 12 de fevereiro a garota entende que está presa em um loop temporal. Sam não faz ideia de como acordar desse pesadelo. E aquela humilhação causada a Juliet parece estar diretamente conectada com isso.

“Mas antes que comece a me acusar, permita-me fazer uma pergunta: o que fiz foi realmente tão ruim? Tão ruim que eu merecia morrer por isso? Tão ruim que eu merecia morrer assim?” Pg. 53

A grande sacada do livro é que cada dia que Sam revive é diferente, eu honestamente esperava que seria uma narrativa meio chata, sabe, precisar ler o que acontecia todos os dias de novo. Mas não, Sam começa a experimentar a vida. Cada dia é diferente.

Suas primeiras atitudes são egoístas e inconsequentes. Mas ela percebe que isso não levará a nada, a nenhuma resposta do por que ela está revivendo o dia de sua morte. E principalmente, como Juliet se encaixa nisso tudo, elas afinal nem se conheciam bem.

“Ela faz o sinal da cruz sempre que Juliet está por perto, como se a garota fosse se transformar em vampiro e voar em sua garganta.” Pg.30

Lauren Oliver nos conduz em uma narrativa emocionante em todos os sentidos da palavra. Você começa odiando Sam e as amigas, porque elas são más, humilham e ignoram quem não faz parte da “elite do colégio”, são muito superficiais. Mas a cada novo segredo que Sam nos conta sobre suas amigas, percebemos que elas não são assim tão más, todas têm problemas muito sérios, nenhuma delas é tão perfeita quanto aparentam ser. Elas se escondem atrás daquele brilho de  perfeição.

“Uma boa amiga guarda segredos para você. Uma melhor amiga ajuda você a guardar os próprios segredos.” Pg 70

O namorado perfeito não é mais tão perfeito à medida que Sam começa a entender o real significado se sua vida.

“Não que eu não seja completamente feliz – eu sou-, mas às vezes parece que preciso ficar me concentrando em por que comecei a gostar dele, ou do contrário vou esquecer os motivos.” Pg. 16

antesqueeuva-5

Sam aos poucos enxerga que não havia motivo para tratar as pessoas como elas tratavam. O bullyng é retratado de maneira nua e crua, como acontece todos os dias em várias escolas pelo mundo. E de uma forma muito sutil a autora aborda a Teoria do Caos, especificamente O Efeito Borboleta (o bater das asas de uma borboleta num extremo do globo terrestre, pode provocar uma tormenta no outro extremo no intervalo de tempo de semanas). E em cada dia que Sam revive, em cada atitude que ela modifica pra tentar mudar o curso daquele dia, nós enxergamos o quanto essa teoria é verdadeira. Suas atitudes influenciam e modificam tudo e todos que estão a sua volta.

“Você simplesmente não sabe como e por que os fios se enrolam juntos, e não tem problema. Faz uma coisa boa e algo ruim acontece. Faz uma coisa ruim e algo bom acontece. Não faz nada e tudo explode.” Pg. 261

E então nós começamos a entender e nos apegar a essa protagonista, me peguei torcendo para que ela pudesse ter seu final feliz.  Torci loucamente para que ela largasse aquele namorado idiota e desse uma chance ao garoto que sempre esteve ali pra ela, de verdade, e ela nunca enxergou. E esse romance que chegou de fininho, com alguém tão improvável ganhou meu coração, foi sutil, puro e me arrancou muito suspiros.

O livro todo me fez suspirar inúmeras vezes, de tristeza, de amor e de esperança. Está tudo ali. Ao final, quando você acha que entendeu tudo é novamente surpreendido.

antesqueeuva-1

Eu esperava uma leitura emocionante, mas foi muito além das minhas expectativas, fui do ódio ao amor e da futilidade ao real significado da vida. Com as experiências de Sam você questiona seu próprio mundo. Sam vai mudar você.

“Sinto como se uma cortina tivesse caído e eu estivesse enxergando as pessoas como elas realmente são: diferente, cruéis e irreconhecíveis.” Pg. 228

É mais que uma história. É uma lição de vida.

“O que eu fiz foi realmente tão pior do que o que todo mundo faz? É realmente muito pior do que o que você faz?” Pg. 53

Se houver uma lista de livros que todos devem ler, Antes Que Eu Vá é com certeza item obrigatório.

Talvez para você possa se dar ao luxo de esperar. Talvez para você haja um amanhã. Talvez para você haja mil amanhãs, ou três mil, ou dez, tanto tempo que você pode se banhar nele, girar, deixar correr como moedas entre seus dedos. Tanto tempo que pode desperdiçar.

Mas para alguns de nós só existe hoje. E a verdade é que nunca se sabe.” Pg. 167

O livro ganhou uma adaptação cinematográfica que tem previsão de estreia no Brasil em 25 de maio.

Eu comentei nas redes sociais que depois de concluir a leitura e ter meus sentimentos tão bagunçados pela trama eu não tinha certeza se iria ao cinema assistir, talvez eu preferisse o conforto do meu lar para ser bombardeada de emoções novamente. Mas já decidi, irei sim. E espero que vocês também possam ir.

Se a produção conseguir passar metade da carga emotiva que o livro tem será um filme maravilhoso e imperdível. Confiram abaixo o trailer e imagens do filme.

foto_filme_antes_que_va_filme5-768x640

Blog Intrínseca

foto_filme_antes_que_va_filme4-768x512

Blog Intrínseca

foto_filme_antes_que_va_filme8

Blog Intrínseca

foto_filme_antes_que_va_filme2-768x512

Blog Intrínseca

Anúncios

15 comentários sobre “[RESENHA] ANTES QUE EU VÁ

    • Viviane Oliveira disse:

      Entendo, esse livro é bem semelhante ao livro Mentirosos, vc conhece? É muito poético, não agrada a todos mesmo, mas uma coisa é fato, vc não fica indiferente a história, ela desperta muito amor ou muita raiva rsrsrs Espero que goste do filme!!

      Curtir

  1. Jessica Rabelo disse:

    Oii Vivi.
    De todas as formas achei sua resenha linda. Ela é precisa nos detalhes e nos deixa com vontade de ler ele no mesmo momento. Li Delirio da Lauren Oliver e por isso sei o quanto ela pode ser fantástica.
    O único problema é que apesar de todos os elogios que vejo sobre o livro não consigo alimentar esperanças de que um dia vou ler ele. Afinal de contas tufo me remonta o fato que vai ser um clichê quase sessão da tarde. Isto embora acredite que talvez ele possa me surpreender. Mas esse talvez é justamente o que me impede de fazer isso. Achei que o Extraordinário, por exemplo, mas não aconteceu e fiquei decepcionada.
    De qualquer forma, sua resenha me deu uma vontade louca de assistir o filme. Pois assim posso experimentar nem que seja apenas a pontinha do que você sentiu na leitura.
    Beijos.

    http://www.fanficcao.wordpress.com

    Curtido por 1 pessoa

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s