[RESENHA] ENTRE O AGORA E O NUNCA

entreoagoraeonunca

Título Original: The Edge Of The Never

Autor: J. A. Redmerski

Editora Suma de Letras – ed. 2013

Edição Digital – Distribuição Lelivros.com

Série Vol.1

Favoritado!

Indicado para maiores de 18

Skoob

 

É melhor evitar a emoção do que cair na conversa dela e virar escravo dela, e como nada dura para sempre, no fim, tudo o que um dia foi bom sempre acaba doendo pra cacete.

Camryn Bennet aos 20 anos já viu seus pais se separarem, seu grande amor morrer em um acidente de carro e seu irmão ser preso por atropelar uma pessoa. Todos esses acidentes em sequência endurecem o coração da jovem e ela perde até mesmo a capacidade de chorar. Cam se sente perdida, sem vontade de viver, sem emoções.

Tudo fica bem pior quando o namorado da sua melhor amiga a agarra e confessa estar apaixonado por ela. Horrorizada Cam tenta alertar sua amiga Natalie sobre o que aconteceu, mas Nat a acusa de mentirosa e rompe a amizade.

Ao perder a única amiga que confiava Cam sente que nada mais a prende em sua vida. Com uma mala simples ela parte para uma viagem de ônibus pelos EUA, sem rumo e sem data de volta. E aqui tudo que era previsível e monótono em sua vida se desfaz.

E eu sempre soube que queria algo mais da vida, algo diferente.

No ônibus Cam conhece Andrew, um jovem enigmático que está a caminho do hospital para visitar o pai que está morrendo de câncer. Apesar da perda inevitável que sofrerá Andrew mantém o bom humor e se aproxima de Cam sem segundas intenções, ele só quer proteger a moça de outro cara mal intencionado. A amizade entre eles é inevitável, ambos são jovens e passam por um momento difícil. Pouco a pouco eles passam a compartilhar suas vidas, seus medos e inseguranças. Andrew ganha a confiança de Cam e juntos eles decidem prolongar a viagem. Caem na estrada sem rumo e com uma trilha sonora incrível, com Muse, Rolling Stones, Kansas e muito mais.

entreoagoraeonunca-3O que mais amei nesse livro foi a quantidade de referências musicais que ele tem, muito rock clássico que cria uma atmosfera envolvente e dá sentimento a todos os acontecimentos. Ao concluir a leitura baixei todas as músicas e li todos os trechos novamente ao som de cada uma. A sensação que cada música une as cenas é indescritível! Tornei-me fã de cada banda. Todos os sentimentos que a história despertou se tornaram mais intensos e bonitos.

O livro é extremamente apaixonante. Impossível não se identificar com os protagonistas e com tantas cenas cotidianas.

Instintivamente, procuro meu celular dentro da bolsa, só pra me certificar de que está ali.

Cam se sente deslocada em um mundo que você é pré-programado para estudar, trabalhar, casar e ter filhos, ela quer mais da sua vida. – Quem de nós nunca passou por esse momento? Passar por esse tipo de questionamento foi justamente o que me trouxe a esse ponto da minha vida, em que valorizo muito mais estar feliz do que fazer algo que esperam que eu faça!  – Andrew da mesma forma sempre sentiu que faltava algo em sua vida, ele tentou a faculdade, mas abandonou, tentou alguns empregos (que até pagavam bem), mas nenhum lhe trazia a realização que ele buscava. Ambos estão em busca de autoconhecimento, a famosa transição entre a juventude e a idade adulta.

Se passa muito tempo planejando o futuro, você se empurra pra trás ou fica estagnada no mesmo lugar a vida toda.

O romance entre eles é tão natural quanto possível, quando duas pessoas começam a se identificar tanto e passar tanto tempo juntas elas realmente tendem a se apaixonar!

Andrew é gentil, protetor, e além de muito bonito é muito inteligente, o que pra mim é tão sexy quanto beleza, ele inspira vida e alegria para Cam, exatamente o que ela precisava para superar as tristezas da sua vida. O que não podemos imaginar é que Andrew evita a todo custo o envolvimento emocional com Cam por que ele tem um segredo que o impede de ficar com ela. A forma sutil como esse segredo é levado durante a história faz que com que o momento da revelação seja como se uma bomba caísse aos seus pés e abrisse um buraco no futuro e você se pergunta: Por quê?!

Seu cabelo louro está preso numa trança bagunçada de um lado, jogada sobre o ombro direito. Alguns fios que escaparam do elástico caem pelos lados do seu rosto. Sinto a necessidade de esticar a mão e afastá-los delicadamente como dedo, mas não faço isso.

Romances podem ser tratados como clichês por muitas pessoas, mas este aqui me fez ampliar meu gosto musical, me fez conhecer mitologia grega e me inspirou todo tipo de sentimentos. Com trechos de muita alegria e altas gargalhadas a um final emocionante que me deixou as lágrimas, tudo muito intenso!

A narrativa é leve, com uma linguagem jovem, com muitos diálogos e dividida entre Cam e Andrew, eu adoro esse tipo de descrição por que nos dá uma visão mais ampla da história, os personagens são muito bem construídos, suas personalidades são bem definidas.

E essa capa… é uma das mais lindas que já vi na vida! Do fundo do coração, se você curte esse gênero precisa mesmo ler esse livro!

capa-entre-o-agora-e-o-nunca

Anúncios

5 comentários sobre “[RESENHA] ENTRE O AGORA E O NUNCA

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s